• Pontaria Novo Governo
  • BOLETOS ON-LINE
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018

18/10/2019 | Após dois anos de alta, salário de trabalhador formal voltou a cair em 2018 - Folha de S. Paulo

Após dois anos de alta, o salário médio do trabalhador brasileiro formal voltou a cair em 2018, segundo dados do governo.

Trabalhadores da iniciativa privada com carteira assinada ou que integram o serviço público receberam, em média, uma remuneração de R$ 3.060,88 no ano passado. Em 2017, essa média foi de R$ 3.075,33, em valor corrigido pela inflação no período.

Assim, o país interrompeu uma sequência de aumento no salário médio dos funcionários formais iniciada em 2016, quando a remuneração subiu de R$ 2.988,04 para R$ 3.011,56.

A queda de 2017 para o ano passado foi puxada pela redução salarial no Sudeste, Sul e Centro-Oeste. Houve alta na média das remunerações no Norte e um sensível aumento (quase estabilidade) no Nordeste.

O governo divulgou nesta quinta-feira (17) a Rais (Relação Anual de Informações Sociais) de 2018, que reúne dados do mercado de trabalho formal nos setores público e privado.

Os números mostram ainda que o salário médio da mulher correspondeu a 85,6% do que ganha um homem. Em 2017, as mulheres ganhavam 85,1% da remuneração dos homens. O cálculo é uma comparação ampla do mercado de trabalho para ambos os sexos, e não se refere a diferenças salariais num mesmo setor econômico ou posto de trabalho.

No ano passado, a remuneração média de uma mulher foi de R$ 2.798,06. A do homem foi de R$ 3.268,81.

O balanço mostrou ainda o crescimento do emprego formal em 2018. Foram registrados 46,6 milhões de trabalhadores nessa situação. Isso representa um aumento de 349,5 mil vínculos de emprego formais.

Em relação ao número de vagas de trabalho, também houve um ligeiro aumento na representatividade do emprego feminino.

As mulheres passaram a ocupar 40,1% dos postos de trabalho formais no país no ano passado. Em 2017, elas eram 40%.

Em números absolutos, os empregos formais para mulheres passaram de 20,36 milhões em 2017 para 20,54 milhões no ano passado. A presença dos homens no mercado subiu de 25,91 milhões para 26,08 milhões no mesmo período.

Fatos e Notícias

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02