• Pontaria Novo Governo
  • BOLETOS ON-LINE
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018

02/04/2019 | Venda diária de 10,5 mil carros em março retoma patamar de 2017 - Valor Econômico

As vendas de veículos seguem em quinta marcha. Em março, foram licenciadas 226,7 mil unidades ante 207,4 mil no terceiro mês de 2018, alta de 9,3%. Com isso, a média dos emplacamentos diários alcançou no mês passado 10,5 mil automóveis e comerciais leves e 320 caminhões, patamar só visto dois anos atrás. Os dados são do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam).

No acumulado do ano, as montadoras instaladas no país emplacaram 607,4 mil veículos ante 545,5 mil no mesmo período do ano passado, alta de 11,3%. "O que impulsiona o mercado automotivo é a confiança do consumidor. Ele está mais propenso a tomar financiamentos longos e isso impacta diretamente a venda de carros. Mantendo-se essa dinâmica, acredito que para este ano as vendas devem evoluir 11%", disse o coordenador acadêmico da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Antonio Jorge Martins. No acumulado, os licenciamentos de automóveis e comerciais leves cresceram 9%, chegando a 580,27 mil unidades. No mesmo período de 2018, os emplacamentos somaram 528,24 mil.

Em março, no entanto, as vendas desses dois tipos de veículos apresentaram leve queda de 0,4% em relação ao mesmo mês de 2018, passando de 200,39 mil para 199,56 mil carros. Mas, isso se explica por ter ocorrido em março o Carnaval, o que resultou em menos dias de vendas. A média diária de automóveis e comerciais leves chegou, em março, a 10,5 mil unidades ante 9,2 mil apurada em março de 2018 - alta de 13,8%. "Isso mostra que a recuperação no setor está se concretizando. É a melhor média diária de vendas dos últimos dois anos. Mas, se a reforma da Previdência demorar para ser aprovada, esse crescimento que estamos estimando pode ser comprometido. O índice de confiança pode cair novamente e influenciar nas decisões de compra das famílias", diz Martins.

No ranking de líderes nos emplacamentos, a General Motors continua liderando as vendas tanto no trimestre quanto em março. A montadora americana vendeu 106,4 mil carros de janeiro a março e 36,3 mil unidades no mês passado. A Volkswagen segue na vice-liderança com emplacamentos de 83 mil no acumulado e 29,1 mil em março. A Fiat, que foi líder de mercado por 10 anos consecutivos, vem em terceiro lugar com 78,9 mil no primeiro trimestre e 24 mil no mês passado, seguida pela francesa Renault, que licenciou 51,1 mil carros de janeiro a março e outros 19 mil em março. O segmento de caminhões foi o que apresentou a maior evolução de janeiro a março deste ano, com 48% de alta.

No acumulado, foram licenciados 21,45 mil unidades. No mesmo período do ano passado, os emplacamentos totalizaram 14,53 mil caminhões. Já em março, as vendas de caminhões somaram 7,53 mil unidades, crescimento de 28% no comparativo com o mesmo período de 2018. A média diária nas vendas de caminhões em março foi de 320 unidades por dia. "Gosto de olhar o desempenho do faturamento por dia e ter uma média dessas mostra que estamos melhor do que esperávamos", disse o vicepresidente de marketing, vendas e serviços da Mercedes-Benz do Brasil, Roberto Leoncini. Essa média diária alcançada em março é um volume melhor do que os último dois anos e isso faz com que Leoncini se mantenha confiante de que as montadoras poderão chegar a um mercado de 88 mil caminhões este ano. Em 2018, foram comercializados 75,9 mil unidades. "O emplacamento diário é o nosso termômetro", ressaltou o executivo.

Segundo ele, o que deve sustentar o crescimento do mercado é o movimento de renovação de frota aliado à procura por caminhões por empresas para fugir da tabela do frete. "Cargas de menor valor agregado não compensa para o embarcador contratar caminhoneiros autônomos, fica caro. Então, esses clientes estão repensando as estratégias logísticas e considerando a compra de caminhões." A Mercedes-Benz continua líder de vendas no segmento. Em março, foram licenciados 2,4 mil veículos, seguida pela Volkswagen Caminhões e Ônibus com 1,7 mil unidades, pela Volvo com 1,3 mil veículos e a Ford com 797 caminhões.

Fatos e Notícias

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02