• Pontaria Novo Governo
  • Fatos & Notícias
  • BOLETOS ON-LINE
  • app do sindeprestem
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018

13/03/2019 | Guedes inicia contatos para 'vender' reforma à oposição - Valor Econômico

Começou pela oposição o corpo a corpo do ministro da Economia, Paulo Guedes, para a aprovação da reforma da Previdência. Ele recebeu ontem pela manhã o ex-deputado Silvio Costa (Avante-PE). "General" da resistência ao impeachment de Dilma Rousseff, Costa foi relator do projeto que criou o fundo de previdência dos servidores públicos, o Funpresp, em 2012. À tarde, foi a vez do governador do Piauí, Wellington Dias (PT). E, amanhã, do governador do Ceará, Camilo Santana, também do PT. A conversa com Costa girou em torno dos entraves do processo legislativo, particularmente os enfrentamentos das corporações.

O ex-deputado defende a necessidade de a oposição participar do debate da Previdência e conta que, recentemente, foi procurado por um governador petista favorável à reforma, porque já não dava conta de gerir a previdência de seu Estado. Segundo Costa, o PT hoje dedica mais tempo a "distrações", como as piadas do ator José de Abreu, que se autoproclamou presidente do Brasil, do que a temas que afetam o futuro do país. "Um partido que foi governo por 12 anos não pode brincar com o Brasil".

Costa se propôs tentar vencer resistências na oposição, mas não vê chances de a reforma avançar se o presidente da República não procurar aglutinar forças. Em entrevista ao Valor de ontem, o excandidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, também defendeu o engajamento da oposição na tramitação da reforma. O ex-coordenador do programa de governo de Ciro, deputado Mauro Filho (PDT-CE), é o mais cotado para assumir a presidência da Comissão Mista da Previdência.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), também da oposição, disse ao Valor, em Brasília, que a maioria dos governadores apoiará a reforma. Para ele, a ideia do governo de desvincular o Orçamento não serve a Estados e municípios, mas somente ao próprio governo federal e, portanto, não deverá influenciar a tramitação da PEC da Previdência.

Fatos e Notícias

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02