• Pontaria Novo Governo
  • BOLETOS ON-LINE
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018

15/02/2019 | Índice de expectativas da micro e pequena indústria de São Paulo atinge nível recorde - Valor Econômico

Os micro e pequenos industriais paulistas começaram 2019 com otimismo em nível recorde, mas por ora as perspectivas positivas ainda não encontram paralelo na situação atual. Segundo a 71ª rodada do Indicador de Atividade da Micro e Pequena Indústria de São Paulo, o Índice de Satisfação do setor diminuiu 7 pontos entre dezembro de 2018 e janeiro, para 105 pontos. A escala vai de zero a 200 pontos. Encomendada pelo Simpi-SP - sindicato que representa essas indústrias - ao Datafolha, a pesquisa mostra que todos os componentes do indicador registraram queda na passagem mensal. A maior retração ocorreu na avaliação sobre o faturamento, que passou de 112 para 103 pontos. O índice referente à margem de lucro encolheu 8 pontos, para 98 pontos, enquanto a percepção sobre a situação geral da empresa caiu de 118 para 114 pontos.

Na contramão, os índices que mensuram a visão em relação ao comportamento da atividade econômica e dos negócios para os próximos meses alcançaram os maiores níveis do levantamento, que teve início em 2013. Em janeiro, o Índice de Expectativa saltou 13 pontos ante o mês anterior, para 163 pontos. Em 2018, na média, esse indicador ficou em 140 pontos. Para 65% dos entrevistados, a situação da empresa vai melhorar no mês seguinte, recorde histórico da pesquisa. Em relação à economia, o otimismo é ainda maior: 78% preveem aceleração em igual horizonte, também maior percentual desde o começo da enquete. "Há uma esperança futura, mas no dia a dia a melhora é tímida", afirma Joseph Couri, presidente do Simpi-SP. Para Couri, o discurso do governo Jair Bolsonaro (PSL), que defende reformas e privatizações, animou o empresariado, mas as medidas precisam sair do papel para que as expectativas se traduzam em ampliação da capacidade produtiva e contratações ao longo do ano. Em janeiro, o indicador de investimentos subiu 4 pontos, para 26 pontos, mas segue em patamar bastante baixo - o nível máximo é também 200 pontos. A média anual de 2018 foi de 29 pontos.

Em janeiro, apenas 13% das empresas disseram ter realizado algum investimento em máquinas e equipamentos, reforma ou ampliação do espaço físico no mês anterior, três pontos abaixo do registrado em igual período de 2018. "Existe uma capacidade ociosa muito grande também no parque industrial das micro e pequenas empresas", aponta o presidente do Simpi. Por isso, os industriais investem neste momento apenas em manutenção de equipamentos já existentes e pequenas reformas nas fábricas. "Enquanto a economia não estiver aquecida, este será o quadro." Esse também é o condicionante para novas contratações, índice que teve desempenho ligeiramente favorável no primeiro mês do ano. O indicador que mede o fluxo de emprego avançou 3 pontos sobre dezembro, para 98 pontos. 

A parcela de empresas que pretendem abrir vagas no próximo mês aumentou de 18% para 22%, ao passo que o percentual das que preveem demitir recuou de 80% para 75%. Na média, em 2018, o número de dispensas por empresa foi de sete funcionários, contingente que Couri considera elevado para micro e pequenas indústrias. Em janeiro, quase metade (48%) dos empresários ouvidos afirmou que tem hoje menos empregados do que há um ano. "Mais contratações dependem de vários fatores, como reformas, melhora do crédito e do poder aquisitivo das famílias", afirma Couri. No ano passado, o baixo desempenho das vendas foi a principal dificuldade para o crescimento do setor, mencionada por 26% dos entrevistados, seguida da falta de crédito, que ficou com 17% das respostas. O presidente do Simpi destaca que o capital de giro disponível segue insuficiente para 43% das micro e pequenas indústrias paulistas. Entre o total de firmas, 39% afirmaram que deixaram de receber algum pagamento no mês anterior ao levantamento. "O quadro segue preocupante", avalia. 

Fatos e Notícias

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02